Sobre a saudade de você

Faz tempo que a gente se conhece, e com você compartilhei momentos hilários, tristes, depressivos, entusiásticos, especiais, mágicos e necessários na minha vida.
Na grande maioria das vezes nem eu, nem você precisava dizer nada, a compreensão surgia apenas pela troca de olhares e pelas mãos dadas. Eu não precisava dizer o que eu sentia e só de ouvir sua voz no telefone eu sabia seu estado de espírito.
Você me ensinou a amar coisas que eu julgava não ser capaz e reascendeu sentimentos incríveis (que eu julgava mortos), sonhos (que eu havia esquecido) e me fez lembrar de como é bom ter bom humor e saber rir das próprias bobagens que falo. Nós já passamos horas e horas conversando sobre tudo, ou nada, e foi bom, muito bom saber que havia no mundo alguém como eu.
Você esteve presente em muito sonhos, e apesar de não estar nos meus planos sempre tive a nítida impressão que você estaria lá. Me fez entender que as vezes palavras bobas soltas ao vento machucam corações que não julgamos sensíveis, e me fez cair na real de que essas mesmas palavras podem ser tão afiadas como navalhas.
Muitas vezes você me fez chorar de alegria, ficar com um sorriso bobo no rosto, gostar de fazer cafuné no seu cabelo e carinho na sua mão. E me fez te amar como um irmão, não como meus irmãos que eu amo também, pois com você é e sempre será diferente.
Com você aprendi que as relações de amizade que julgamos sinceras nem sempre o são mas às vezes precisamos de alguém que esteja vendo do lado “de fora”, para nos abrir os olhos e esse era você. Perdi as contas de quantas vezes me fez sentir dor na barriga de tanto rir quando exercitava seu bom humor, e me fez redescobrir um talento que eu nem lembrava que tinha, aliás se essas palavras fluem hoje com tanta facilidade, você foi o grande responsável por isso com seu apoio e carinho.
Hoje de manhã olhando as nuvens brancas, contrastando com o céu azul intenso de inverno, melancolicamente me lembrei de você, do seu riso, dos olhos brilhando, do sorriso bonito estampado no seu rosto quando você deixa a vergonha de lado. E ao chegar no trabalho lá estava você me olhando afetuosamente do porta retratos que fica atrás da minha orquídea branca. E lembrei dolorosamente que faz tempo que a gente não se vê, que nossas mãos não se tocam, que não recebo seu abraço confortável, que não ouço sua voz dizendo ao telefone como sou tonta e chata. E eu sei que tem de ser assim, que as coisas um dia mudariam, e que elas mudaram. Não sinto revolta pelo rumo que as coisas tomaram, pois isso foi só a decisão da Vida sobre nossas vidas. Mas hoje, mais do que nunca não consigo sufocar no peito essa imensa saudade que estou sentindo de você.


Saudade dos dedos entrelaçados assim….

Dica da autora: Texto para ser lido ao som de Painted on my Heart – The Couch

Anúncios

11 comentários sobre “Sobre a saudade de você

  1. Carolzinha disse:

    Buáááááááá!!! Snif Snif!!!
    Vc anda romântica demais ultimamente!!! Está tocando corações adormecidos e corações q choram!!
    Ain… LINDO O TEXTO!!!!
    Bjus

  2. Lídia Chululú disse:

    Nossa irmãzota,
    que texto lindo e profundo. Me deu uma saudade apertada do meu namorado, e olha q vi ele ontem.
    Seus textos estão ótimos.
    bjoks e passe no meu blog tb.

  3. Ana Martins disse:

    Chuif…
    Ai, Ai, Rê… Esse seu texto ficou uma boniteza só.

    E fiquei igual a Carol aí em cima.

  4. Grace Simpson disse:

    Até rolou uma lágriminha!!
    Valeu a pena vir “bisbilhotar” seu cantinho Rê!!
    Bj

  5. Mestre Campestre disse:

    Mas que texto mais soberbo. Foi admirável. Conseguiu despertar em mim aquele romântico incurável que há muito estava sumido. Simplesmente lindo.Não restam muitas palavras que não adjetivos magnânimos para comentar tal texto. Para não correr o risco de ser repetitivo paro por aqui. ;)
    Parabéns pelo texto.

    Baci e abracci

  6. Lady Sith disse:

    Que lindo texto, Rê. É difícil ficar afastada de pessoas que foram tão importantes na nossa vida. Da próxima vez que você se sentir assim, liga para ele. Nem que seja só para ouvir ele dizendo que você é tonta e chata. Beijos, amore.

  7. Mymi disse:

    Que bonito, Rê!
    Depressivo mais bonito. E a dica da música caiu bem com o texto.
    =***

  8. Bárbara Amelize disse:

    Ai, ai…. lindo e triste. Faz pensar que o passado às vezes é mais presente que o próprio presente, mesmo quando sabemos que é preciso se desvinvular! Saudade é bom. Dói, é claro, mas é bom! Sinal de que tempos bons existiram, que pessoas boas ficaram… e ficaram não só pelo que são, mas pelo que fizeram de nós quando estávamos ao seu lado. Não vou comentar mais aqui. No msn, farei algumas considerações amanhã.

    Flower, você é uma pessoa incrível. E por isso mesmo, nem preciso dizer para manter o lado bom! Sei que sabe muito bem fazer isso!

    Amo-te!

    Baci, hermana!

  9. Anonymous disse:

    Rê….
    Ótimos texto….o sobre a morte não li inteiro (também não me sinto preparado para opinar sobre).
    Gosto do jeito com o vc escreve…quase que contando histórias mas falando de si (muitas vezes).
    Parabéns!!!
    Beijos

  10. Anonymous disse:

    O comentário acima é meu (Rafa). Não consegui me identificar…acho que é o sono..hehehhe
    Beijão

  11. Clara disse:

    Estava procurando algo p definir o q to sentindo,achei seu texto sobre saudade e por incrivel q pareça,se encaixaa perfeitamente cmg…até as situações… namorei intesamente durante 5meses e infelizmente meu namorado teve q voltar pra cidade dele e eu tive que ficar por causa do trabalho e faculdade,minha rotina é chorar todo tempo… tem apenas 4 dias q ele foi,mas p qm dormia junto,acordava junto toooooodos os dias…tá sendo dificil….obrigada por me fazer sentir bem lendo esse texto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s