O Mundo precisa de Heróis?

Não sei se posso ser considerada uma pessoa extremamente influenciável pela onda de filmes que está em cartaz no verão Norte Americano (ou férias de meio de ano Brasileiras), mas a enxurrada de heróis que invadiu nossas telinhas não conseguiu me deixar imune. Ontem fui assistir Superman Returns, e não farei comentários sobre o filme mas sim sobre as questões ideológicas que ele ressuscitou na minha alma. O Superman é, na minha visão, tudo aquilo que um herói representa: alguém que luta pelo amor e pela justiça doa a quem doer, e para isso você não precisa de super – poderes. Parafraseando a tia do Homem Aranha no segundo filme da série: “Um Herói é alguém que fez a coisa certa no momento certo”, e isso encerra tudo o que eu penso sobre a figura daqueles que carregam esse título, porque herói de verdade não diz que é, ele é apontado como tal.
E num mundo como o de hoje com tantos anti – heróis, onde somos forçados a engolir julgamentos longos e demorados de pessoas que mataram a família, violentaram inocentes, jogaram bombas ou colocaram armas nas mãos das crianças, eu me pergunto onde estão os heróis desse mundo, quem são e o que fazem essas pessoas que servem de exemplo para o mundo? Eu pergunto, e eu mesma respondo: na minha vida, e certamente na vida de muitas pessoas existiu ou existe alguém que fez o coração bater orgulhoso, e os olhos brilharem enquanto na mente vinha a certeza de que aquela pessoa tinha dentro de si o dom do heroísmo. E eu posso dizer com a cabeça erguida quem são os heróis do mundo de hoje, na minha visão vacilante de pretensa escritora:
Bombeiros
Eles são pessoas que estão dispostas a abrir mão da sua própria vida em prol da vida alheia. Ou você acha que é fácil manter uma família com o salário da classe aqui no Brasil? Eles fazem o que fazem por amor à vida e à profissão. Desde criança até hoje quando vejo um soldado do corpo de bombeiros correndo para socorrer alguém meu coração bate orgulhoso.
E tenho um motivo especial para isso, pois quando eu não tinha mais do que dois anos, estava com minha mãe num mercado da zona sul de São Paulo, que ficava atrás de um córrego. Subitamente despencou um temporal que fez as águas subirem e que invadiram o mercado. Fui salva juntamente com minha mãe pelos bombeiros, e se aqui estou hoje é graças a eles. Há também outro caso um pouco mais recente do soldado que se atirou nas águas de um rio da Zona Leste em meio a outro temporal para salvar uma mulher que havia caído nas águas agitadas. Os outros bombeiros conseguiram salvá-la, mas o soldado faleceu. Mais uma prova de que eles doam a vida em prol da Vida.
Paramédicos
Aqui no Brasil eles também recebem o nome de Anjos do Asfalto, pois na maioria das vezes socorrem vítimas do trânsito. Também enfrentam condições adversas e correm contra o tempo para salvar vidas alheias e também o fazem em troca de um salário vergonhoso. Mas é emocionante ver o brilho nos olhos deles quando conseguem salvar uma vida que estava se esvaindo.
Polícia Militar, Civil e afins.
Alguém pode empinar o nariz e dizer que nossa polícia é corrupta, que não resolve nada, mas o sistema falho, e o erro de alguns elementos da Corporação não apaga o brilho do trabalho deles. Não entrarei em detalhes, mas posso dizer que minha pele já foi salva pelo menos meia dúzia de vezes por eles.
Parentes
E quem disse que parente só é bom no álbum de fotografias? Tá tem uns que são mesmo. Mas, quero citar aqui dois casos de heroísmo na minha própria família:
O primeiro é meu tio José. Cerca de dezesseis anos atrás, meu outro tio que chamávamos de Bito, estava muito doente devido o contagio do vírus HIV e além de tudo sofria preconceito por 98% da família pelo fato de ser homossexual. No momento da sua morte meu tio José (junto com meus pais, e eu que tinha dez anos) foi o único a peitar a família inteira para cuidar do irmão e ainda ser justo destinando parte dos bens dele ao companheiro do tio Bito. Se hoje em dia o preconceito acerca desse tipo de assunto é enorme, imagina no início da década de 90? Outro caso, que eu estufo o peito é minha mãe. Uma mulher que, como muitas outras, saiu muito nova de uma casinha de barro no interior da Bahia e veio enfrentar o destino aqui em São Paulo, teve que se desdobrar durante oito anos entre ser dona de casa, esposa e mãe de uma criança extremamente doente (eu estive à beira da morte muitas vezes nos meus primeiros oito anos de vida). Mas ela lutou e se tornou a mulher que mais admiro no mundo. E não é por que ela é minha mãe. É porque ela é meu maior exemplo de que se fazemos as coisas certas no momentos certo o mundo conspira a seu favor. A todos meus Heróis, fica meu muito obrigada, e a você que chegou até o fim desse texto fica a minha pergunta: O mundo precisa de heróis? Eu já sei a resposta e você.

Se bem que seria muito bom olhar para o céu e ver ele lá….

*Dica da autora: Texto para ser lido ao som de Heroes – The Wallflowers.

Anúncios

11 comentários sobre “O Mundo precisa de Heróis?

  1. déco disse:

    as pessoas estão tão desesperadas que pra ser super heroi vale tudo. Até usar colan por baixo da roupa e cueca por cima, sem falar na capa, pra mim super heroi é aquela Senhora que trabalha fora, chega em casa, cuida dos filhos, faz as compras de super-mercado a ainda se acha feliz…

    beijo

  2. Bárbara Amelize disse:

    Putz… paralisei diante do seu texto. No primeiro páragrafo, diante da frase: “porque herói de verdade não diz que é, ele é apontado como tal.”, simplesmente estremeci. E não é exagero.

    Flower, algumas histórias de sua vida, eu sei. Não sei todas, mas agradeço a estes heróis que te salvaram e te deixaram estar aqui hoje. Especialmente, agradeço a sua mãe, heroína maior pra você, que sim… mesmo a mim, que estou longe, que não a conheço pessoalmente, já me faz sentir um carinho enorme por ela. Pela abnegação, pela presença, pelo amor que ela te dedica. Já conversei sobre isso com você no msn, né?! Sou até suspeita quando o assunto é este. Porque sabe a maneira cheia de ênfase que trato o assunto MAE!

    O mundo precisa sim de heróis. Aquele sentimento único de amor pela paz, pela justiça, por fazer a coisa certa na hora certa! E não ter medo de fracassar. Heróis que se abnegam por sua causa. Que amam apesar de tudo. Que não têm medo de parecer tolo por amor!

    E sim.. engrandece o coração saber que existem pessoas que lutam em prol de uma coisa maior. Que lutam pelo direito de alguém estar vivo, mesmo que isto implique ele mesmo morrer. É poético, é presencial, é extasiador. E faz acreditar que certos valores, por mais que sejam encobertos e minimizados, AINDA EXISTEM!

    POR AMOR AS CAUSAS PERDIDAS!

  3. Mestre Campestre disse:

    Qui e di svolta di nuovo!
    Antes de tudo parabéns pelo texto. Sta muolto belo. De verdade. Todos esses que foram citados no teu texto são heróis sim.
    Bom agora vou responder tua pergunta. “O mundo precisa de heróis?”
    Sim, precisa sim. O mundo precisa de bons exemplos, de pessoas com uma determinação inabalável para fazer o bem, com um dom imaculado de salvar vidas pondo em risco sua própria.
    O heroísmo é belo porque é um dom que gera muito mais orgulho em todos do que inveja. É a resposta que você deve encontrar quando pensa com esperança:”a humanidade tem futuro?”.
    Diz John Adams em uma de suas obras “the people are the heroes now”. Eu só acrescentaria : só precisam perceber isso (ou se preferir em inglês: they only need to realize it) ;)

    Baci e abracci
    e Feliz Dia do Amigo!

  4. Carolzinha disse:

    Olha eu aqui!!! Olha eu aqui!!! Olha eu aqui!!! Olha eu aqui!!! (Carolzinha levantando as pontinhas do pé e acenando).
    Eu volteiiiiiiii!!!!!!
    Junto com o SuperHomem!!!! :o)

  5. Marcia & Bella disse:

    Oi lindaaaaaaaaaaaa!
    Muito interessante o seu texto. Ultimamente a gente tem visto muito mais vilões do que heróis no mundo, né? Entretanto, ainda bem que pra toda regra tem exceção. Ainda podemos contar com algumas relíquias soltas por aí, pra fazer o bem.
    Não sabia esses detalhes da sua vida. Agora fico mais feliz em poder te chamar de amiga.
    Beijocas,

  6. Normal do Rócio disse:

    Ah, eu adoro “Heores”. Vou até reler o texto ouvindo-a.

    Já tinha ouvido falar que paramédicos e bombeiros eram super-heróis, mas sacar que os parentes também são foi 10.

  7. Lídia Chululú disse:

    Nossa Re,
    vc tá inspirada mesmo, hein.
    Ótimo texto.
    Heróis temos alguns e são heróis de verdade, como os q vc citou, pq o maior ato de heroismo é fazer algo altruísta (e sem super poderes). Quer + poder q isso?

  8. Rafa disse:

    Rê….
    Como vc pode ver ainda não aprendi…hahaha..me passa o manual.
    Ótimo texto.
    Acredito que precisamos dos heróis sim. Mais que os que existem como bombeiros, paramédicos, parentes, acho que precisamos daquele que fantasiamos para suportarmos tudo isso que vivemos.
    Mais um ótimo texto.
    Ótima semana.
    Beijos

    http://psicorafa.blog.uol.com.br/

  9. Lady Sith disse:

    Que bela homenagem para os heróis da sua vida. E a sugestão musical foi ótima, embora eu prefira Heroes cantada pelo Bowie mesmo. Beijo.

  10. Muta disse:

    e podemos fazer algo tão simples capazes de ajudar tanta gente, não é?

    doar sangue, por exemplo… faço sempre q poço e incentivo todos a irem…

    devolver um troco dado a mais, por que não ser honesto até nas coisas simples?

    por que não sermos todos um pouco heróis?

    ps.: se bem que eu adoraria poder voar, hahaha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s