Você é responsável?

Numa época de dificuldade financeira, escassez dos meios produtivos, abuso de mão – de – obra semi – escrava (em pleno século XXI), em que há milhares de famintos enquanto a produção mundial de alimentos é suficiente para atender a todos os habitantes da terra, é difícil permanecer impassível a todas essas situações.

Estou lendo um livro bastante interessante chamado: “Como mudar o mundo” de David Bornstein que trata justamente da questão do empreendedorismo social e do poder de novas idéias. Por empreendedorismo social o autor define aquelas pessoas cujas idéias, projeto e ações visam não apenas melhorar a posição financeira e social de um indivíduo, mas sim aquelas que trazem benefícios a pelo menos uma parcela “especial” da sociedade e tem capacidade de ser auto – suficiente, ou seja, gerar o suficiente para se manter se a intervenção governamental. As famosas Ong´s espalhadas ao redor do mundo sintetizam perfeitamente essa idéia.

Mas, obviamente, não é necessário que você e eu, meros mortais abramos mão de nossas vidas comuns para começar um projeto social, como os casos relatados no livro. Creio que pequenas ações no dia – a – dia nos tornam pequenos empreendedores, tais como:

1- Ajudar instituições de apoio a crianças com deficiências ou lar que acolhem idosos:
Existem centenas de milhares desses tipos de instituições, e claro que todas merecem nosso apoio. Mas, até onde eu siba ninguém aqui ganhou na mega sena para tanto, e nem todos os lugares são realmente sérios. Vemos todos os dias lugares que maltratam seus pacientes. Então, uma coisa legal a se fazer é tirar um dia de sua folga e tentar visitar um desses lugares, ver como cuidam dos pacientes, se realmente são digno de ajuda, e aí sim dedicar parte de sua renda para elas.

2- Ser voluntário:
Como citado acima existem instituições espalhadas pelo mundo todo, e nem todas são especializadas apenas em cuidar de idoso e crianças. Existem também aquelas que buscam ensinar algo de novo para a comunidade, como o projeto Olodum que ensina música para as crianças, o projeto Voluntários aqui de São Paulo que ensina línguas estrangeiras, matemática e português para pessoas carentes. Claro que para ser voluntário é necessário preparo e treinamento, mas compartilhar o que você sabe com as pessoas que precisam já é uma forma de voluntariado.

3- Doar alimentos
Como eu disse acima a produção de alimentos no mundo seria capaz de atender a população de todo planeta, mas claro que por questões políticas e burocráticas isso não ocorre. Então, por que não destinar aquele pacote de bolachas, de farinha e arroz que você sabe que sua família não vai consumir para quem precisa? Sempre há quem precise mesmo ser ajudado e sempre há quem possa ajudar.

4- Doe sangue
Dia após dia o número de acidentes aumenta a necessidade de sangue para transfusão nos hospitais, principalmente nos brasileiros, então esse pequeno gesto pode salvar muitas e muitas vidas. Meu amigo Muta sempre ao e chama os amigos. Entre você nessa corrente.

5- Autorize a doação dos seus órgãos.
Doar órgão é um ato de amor ao próximo, a despeito da imensa polêmica que o envolve. Serei sucinta: uma vez que seu corpo carnal esteja morto você não precisará mais dos seus órgãos; tem de agradecer profundamente que eles lhe foram úteis e perfeitos durante sua vida, mas depois disso eles podem ajudar uma mãe a ter seu filho perto dela por mais tempo, uma família a não perder seu pai, uma criança cega ver a luz do sol de novo.

Pequenos atos do nosso cotidiano podem nos tornar socialmente responsáveis; pense nisso.

“Sozinhos nada podemos, mas juntos podemos fazer do mundo um lugar mais justo”.

Anúncios

11 comentários sobre “Você é responsável?

  1. Ana Martins disse:

    Rê, que lindo esse seu texto!
    É muito bom poder ajudar as pessoas, e isso eu tento fazer sempre.

    Quanto a doar os órgãos, eu realmente não entendo o porquê de tanta polêmica a respeito. Eu já falei com a minha família e eles sabem que a minha vontade é que seja doado tudo o que puder ser doado. Talvez quando eu morrer, eu fique mais em paz onde eu vou ficar sabendo que ajudei a diminuir o sofrimento de pessoas só pelo fato de ter existido um dia.

  2. Rafa disse:

    Rê…
    Ótimo texto.
    Pequenas atitudes nossas podem fazer grandes diferenças nas vidas de muitas pessoas. Até utópicamente para alguns mas não para mim, essa necessidade de se fazer algo por alguém melevou para a Psicologia.
    Acho que doação de sangue e medula ósseo deveriam ser mais divulgadas e mais aderidas. Doação de órgão é interessante, mas remte as pessoas à morte o que as assusta.
    Ótima semana prá ti.
    Beijos

  3. Bárbara Amelize disse:

    Hermana do corazon… muitas coisas fazem com que eu te ame e esta é uma delas. Quem me dera, um centésimo da população mundial visualizasse com tanta clareza estas pequenas ações capazes de mudar o mundo. Sabia que quando você disse no texto anterior que escreveria coisas neste sentido, ia me surpreender e amar ainda mais esta visão de todo que você tem. A individualide e preocupação excessiva do ser humano com seus pequenos problemas, o impedem de enxergar que ele é o todo. Está inserido nele e como tal… precisa zelar por ele.

    Você é foda.

    Baci

  4. Anonymous disse:

    Muito bom moça, muito bom!

    E estou pensando em doar sangue no sábado que vem! ;o)

    Baci

  5. Nana Flash disse:

    Oi, achei voce no blog da Lady Sith… gostei dos seus posts :)
    Seu post me lembrou do meu aniversario. Esse ano eu pedique naum me trouxessem presentes, mas um brinquedo usado ou de 1,99 para crianças carentes. Achei q talvez conseguisse uns 20 ou 30, mas fiquei surpresa: foram mais de 120, que distribui para quatro instituiçoes carentes. Foi muito bom, um dos melhores aniversarios da minha vida :D
    As pessoas estão sim propensas a ajudar. Mas poucas tomam a iniciativa.
    Ano q vem repito a dose, com fraldas ;)
    Beijos

  6. Mestre Campestre disse:

    Belo texto Rê.
    Facilitar uma boa ação é o mesmo que praticá-la diz Maomé. E acho que você pode dizer que fez isso com teu texto.;)
    Sou a favor da doação de órgãos mesmo apesar de tanta polêmica. Também já quis doar sangue, mas preciso esperar mais dois anos pra isso. Mas tudo tem seu tempo.
    É uma pena que não sejam muitos os que conseguem captar que uma corrente de pequenos atos tornaria o mundo um lugar melhor. :/

    Baci e abracci

  7. Fabiana disse:

    Também sempre acreditei que nunca existirá uma REVOLUÇÃO, sem que primeiro façamos revoluções em nosso cotidiano.

    Ótimo texto.

  8. Normal do Rócio disse:

    Estávamos comentando essa de doar órgãos na aula de biologia. O professor falou que é incrível como tem pessoas tão avarentas com algo que não mais usar.

    Doar sangue me parece arriscado, já que só no exame de sangue minha pressão já desce.

  9. Gesebely disse:

    Oi Resinha…

    adorei o texto more… e todos os outros que estavam pendentes tb… hihi
    sabe como é né??? time is money…
    então, queria só dar + 1 diquinha: todo ano o Mackenzie promove o “Mackezie Voluntário”. É um dia escolhido por ano para ações voluntárias e aberto para qualquer interessado, com transporte e lanche grátis!
    vale mto a pena…
    todo ano tento pelo menos uma vez fazer algo voltado pra filantropia e muito mais importante do que o dinheiro doado é a presença e boa intenção das pessoas que realmente faz a diferença…
    Parabéns Re… amo vc!!!

  10. Carolzinha disse:

    Puxa puxa mais que Puxa… vc anda sentimental Rê… e eu gosto disso nas pessoas!!! :o)
    Besos!!!

  11. Lady Sith disse:

    Esse texto me lembrou o encarte dos CDs do U2. Eles sempre trazem dicas de como ajudar as pessoas e endereços de sites de movimentos globais como o WWF, a Anistia Internacional e o Greenpeace. O mundo realmente seria melhor se cada um fizesse a sua parte, mas às vezes é difícil deixar de olhar apenas para o próprio umbigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s