Você gosta de Ska?!

Eu A-DO-RO e sou fã de SKA e sinto falta do programa SKABADABADOO que passava nos anos 90.

Graças aos dias de hoje com MP3, downlonds e aquela coisa toda a gente consegue ouvir nossas músicas favoritas sem a necessidade de uma “rádio”, mas que faz muita falta faz.

E eis que dia desses, voltando para casa com o namorido escutamos uma sequência incrivel de ska no rádio e o nosso queixo caiu ao saber que na 107,3fm de Sampa (a.k.a Brasil 2000, uma das minhas rádios favoritas dos anos 90) tem um programa de sábado a noite totalmente dedicado ao ska, e leva o nome de Skataplá (alusão a música do Sapo Banjo imagino eu).

Continuar lendo

Livros parados em casa?

O querido amigo Eurritimia do Fórum do (falecido) GQDN indicou o site Trocando Livros, através do qual você pode trocar com outras pessoas livros que você tem parado aí na sua casa e tem dó de doar/ jogar fora.

E o site é 100% seguro. Ganhei o terceiro (ou quarto?) quarto livro da série Crespusculo (original em inglês) chamado Breaking Dawn e como não tinha interesse pela série coloquei o livro para troca.

Continuar lendo

Anansi Boys

Charlie Nancy – ou Fat Charlie para os íntimos- é um cara comum, com um emprego comum, com um noivado comum e até uma sogra comum.

Quando ele e sua noiva resolvem convidar o Sr. Nancy – pai de Charlie e de quem guarda muitos ressentimentos- para a festa de casamento acaba descobrindo que seu pai faleceu e tem de atravessar o Atlântico até a ensolarada Flórida para o enterro.

Continuar lendo

Post Denúncia – Executive Prime SP

Ontem fui convidada a ir a uma acessoria de Recursos Humanos localizada no bairro da Saúde chamada Executive Prime.

Como já utilizei antes os serviços desse tipo de empresa, como a  Page Personnel, fui desprenteciosamente saber do que se tratava.

A Prime Executive nada é nada mais é que uma dessas empresinhas sem vergonhas que chamam o candidato, falam sobre o (ótimo) currículo e depois oferecem um contrato de 6 meses que garante a recolocação do funcionário.

Continuar lendo

Needing get you English stronger?

Ou, precisando deixar seu Inglês mais fortinho?

Todo mundo ta careca de saber que com a tal da “globalização” e aumento da concorrência e outros termos genéricos do mundo competitivo, saber um segundo idioma virou prioridade zero.

Mas, falar inglês não é importante apenas por conta desse lado negativo do capitalismo selvagem. Nós podemos usá-lo muito bem para pesquisar sobre filmes, livros, viagens, países, maquiagem – viciada – e um mundo de oportunidades que o Inglês abre a porta.

Mas, se você querido Leitor/a ainda está ali no tal do nível básico-para-intermediário seguem aqui dicas de livrinhos muito bacanas, com linguagem simples e que eu tirei do armário esses dias, na maior e absoluta falta do que ler, e também para deixar meu Inglês um pouquinho menos desmemoriado.

1) The Franchise Affair – Josephine Tey

A Josephine não chegou a ficar tão famosa quando a Agatha Christie no quesito livros de mistério, mas seus contos são bem escritos e tem o melhor estilo de: “será que foi ela ou não?”

Em “The Francaise Affair” ela nos conta a história de mãe e filha que são acusadas de manter em cativeiro forçado uma doce menina de 15 anos. Mas, será que elas são assim tão más?

2) King´s Ram$om – Ed McBain

Doug King é um típico homem de negócios, que adora seu trabalho, cobre a mulher de ouro (in-xa-lah, diriam naquela novela O Clone), e assim como na vida real, tem sempre algum sem vergonha querendo a grana do bom moço. Aí que seqüestram o filho do cara e ligam para pedir o resgate. Só que, o filho de Doug está em casa … e quem foi raptado foi o filho do motorista. E agora? Quem poderá nos ajudar? (Ops, frase em contexto errado).

3) Claws – John Landon

Larry, um jovem cozinheiro e que adora esclara montanhas se candidata para o emprego perfeito: ser cozinheiro de uma expedição que vai às montanhas do Afeganistão atrás de do Toruk, que é uma espécie de primo pobre do Pé Grande (vejam vocês, esse livro é de 1979 e Cabul já estava em voga). Só que muitos que foram antes atrás do Toruk desapareceram sem deixar pistas. Será essa a última viagem do cozinheiro?

4) Skyjack – Tim Vicary

O que você faria se fosse primeira ministra de um país pequeno e tivesse em seu aeroporto um avião cheio de passageiros americanos, ingleses, tomados por seqüestradores ameaçando matá-los caso suas exigências não sejam aceitas?
E o que você faria se seu esposo estivesse a bordo do vôo e os seqüestradores ameaçassem matá-lo antes de todos os outros passageiros se as exigências não forem cumpridas em meia hora?

5) Hijack and other short stories

Um homem que vende uma porção do amor a US$ 1 e uma porção que ele chama de “Limpa Vidas” a US$ 5,000 . Um seqüestro de um avião em que o piloto está estranhamente controlado. Um homem que desenha a foto de seu assassino antes de conhecê-lo.
Essas e outras pequenas e intrigantes histórias fazem parte desse livrinho simpático e super fácil de ler.